| RESENHA | Como se Vingar de um Cretino (Suzanne Enoch)

5 de outubro de 2018

Olá, tudo bem?

Queridinhos romances de época da minha estante, não consegui me manter longe de novas trilogias, mas era o livro mais leve que tinha no Kindle e estava precisando de uma leitura assim.


Como se Vingar de um Cretino | Lessons in Love #1


Sinopse: Era uma vez um notório visconde Dare, que seduziu lady Georgiana Halley e tomou sua inocência para ganhar uma aposta, e agora ele vai ter que pagar. O plano é simples: ela vai usar cada artifício de conquista que conhece para ganhar o coração de Dare, e então quebrá-lo. Mas o olhar do visconde tenta Georgiana a se entregar ao prazer mais uma vez, e quando ele a surpreende com um pedido de casamento, ela se pergunta: esse é mais um de seus jogos, ou dessa vez é amor verdadeiro?


 
Suzanne Enoch | Romance de época | 288 páginas | 2018 | Editora Harlequin Brasil 




Georgiana Halley e Tristan Dare não somente se conhecem há tempos, mas tiveram uma noite ardente no passado que levou consigo a inocência e pureza de Georgiana, assim como qualquer confiança que algum dia poderia depositar no visconde Dare quando descobriu que aqueles momentos de paixão foram fruto de uma aposta... aposta essa que Tristan ganhou. Depois disso se seguiram seis anos de puro ódio e desprezo entre os amantes furtivos durante os quais Lady Georgiana não entendia como nem porquê ainda não havia caído em desgraça por ter se entregado ao visconde, mas quando a dama vê que Dare está cortejando uma pobre moça está disposta a lhe ensinar uma lição, pois não permitirá que o sedutor visconde desvirtue e machuque outra jovem. E aqui começam os esforços de Georgiana para ensinar a Tristan uma lição sobre corações partidos.



Quando comecei a leitura desse livro imaginei que a história não seguiria os padrões dos romances de época, porque "Como se Vingar de um Cretino" começa onde tantos outras histórias do mesmo gênero já estão pela metade, porque aqui os protagonistas já se conhecem intimamente no momento em que o livro inicia e já estão em "pé de guerra" por causa disso.

Georgiana é uma personagem de temperamento forte, muito segura de si e das suas decisões; acredito que essas características são determinadas pela sua descendência, pois é filha de um marquês, além de jamais ter sido contrariada nas suas vontades. Além disso, é uma mulher enganada que buscará sua vingança e, apesar disso poder tornar ela antipática em razão dos seus planos ardilosos, a personagem conquista o leitor, tem uma delicadeza cativante e é bastante divertida na elaboração das suas artimanhas para alcançar sua tão desejada retaliação.

Tristan, o visconde Dare, não é o cavalheiro que faz todas as moças suspirarem como em outros romances de época, ele mostra um ar de superioridade e trata a maioria das pessoas com ironia, contando muitos pontos contra ele; o personagem não conquista o leitor pelos atributos físicos, mas sim pelo seu crescimento e amadurecimento, além de ser um homem implacável quando está determinado. A parte dos suspiros dessa leitora se deu por conta do carinho, amor e afeição que demonstra pelos seus familiares, foi muito bonito acompanhar a interação dele com seus irmãos.

Os personagens tem uma interação rígida do início à metade da história, mas a partir de então começam a se tornar mais envolventes entre si e essa relação mostra uma construção condizente com a história que tem uma trama inédita mantendo na sua essência os elemento do gênero. Os personagens secundários poderiam ter sido melhor explorados, principalmente os irmãos de Tristan, assim como as amigas mais próximas de Georgiana, deixando uma lacuna no entremeio da história.

A história é narrada em terceira pessoa e pode desmotivar um pouco pelos capítulos longos, mas compensa pela capacidade da autora em descrever cenas, pessoas e sentimentos com muita naturalidade e de forma completa levando o leitor a se sentir "dentro da história" sem ser cansativo, rebuscado demais ou com caráter protelatório. Contém algumas cenas bem ardentes e intensas, nas quais Georgiana se mostra bastante ousada quebrando os padrões dos romances do gênero.

É um livro que deixa claro que, à época, as intenções de casamento não se baseavam em sentimentos, e sim em interesse financeiro e ascendência social, mas por se tratar de um romance a autora não poderia deixar de lado a parte mais poética e uniu esses elementos presentes na realidade da época aos sentimentos dos personagens, resultando numa combinação que atende tanto os leitores mais apaixonados (como eu!) quanto àqueles que não abrem mão de um pano de fundo de veracidade mesmo nos romances de ficção.

Realmente gostei do enredo, a forma como a autora construiu a história e desenvolveu os acontecimentos, deixando uma mensagem sobre amores, pessoas e confiança como base de qualquer relacionamento. Ah, para terminar e incitar a curiosidade, o livro conta com uma vilã muito desleal...

O livro já despertou teu interesse? 😊
Eu recomendo a leitura!

Beijos e até o próximo post.

34 comentários

  1. Aiii, eu quero muito ler esse livro, mas não acho uma promoção boa dele.
    Adoro essas tramas que começam com uma vingancinha e depois as coisas vão se desenvolvendo! Hahahaha
    Fiquei curiosa sobre essa vilã desleal... não é muito comum haver vilões em romances de época. Conseguiu seu objetivo! Hahaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami! Oba, que bom que ficou interessada, esse romance de época é muito singular, adorei cada pedacinho dele, com uma pequena ressalva a uma cena no quarto próximo ao final do livro que eu não falarei mais para não dar spoiler, mas foi uma cena bem desnecessária e que me incomodou um pouco, mas só! Espero que goste tanto quanto eu. Beijos e ótima leitura

      Excluir
  2. Great post, dear! Looks awesome!
    Hugs ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi, Adri
    Eu adorei esse livro! Nunca tinha lido nada da Susanne mas todos os comentários a respeito dele se embasaram bem. Eu me diverti muito com as tias do Tristan, elas são muito fofas haha e eu adoro um amor encubado que nem desses dois.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! As tias dele tem um destaque especial mesmo, são muito queridas e divertidas... estilo Lady Danbury no livro da Hyacinth dos Bridgertons, hehehe. Beijos

      Excluir
  4. Oi Dri,
    Desde o lançamento desse livro, só o título já me interessava. Como é romance de época já vou adicionar na minha lista de desejos! Gosto de personagens fortes, e acho que me daria bem com a Georgiana. Já estou acostumada com os diálogos longos. Aí não, tenho que comprar esse livro agora, rsrs.

    Até mais!
    https://www.depoisdaleitura.com.br


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Sim, esse livro é maravilhoso, uma leitura tão deliciosa que vou sempre indicar para quem gosta de romances de época... é singular com alguns clichês que só agregam à leitura. Beijos

      Excluir
  5. Oi, flor! Tudo bom?
    Eu tô muito curiosa pra ler esse livro por causa do tanto de resenha positiva e incentivo pra ir fundo na leitura!
    ADORO uma personagem feminina de temperamento forte, são minhas favoritas de ler. E o romance ter sido um ponto tão bem trabalhado só me anima mais <3

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise! Tem alguns romances de época em que as personagens são bem sem graça, mas Georgiana é o oposto disso e tem uma personalidade maravilhosa, adorei e espero que goste também. Beijos

      Excluir
  6. AAAAA, que saudade de ler um bom romance de época!
    E essas capas? Ainda não tive contato com a Suzanne Enoch, mas quero.
    Faz um tempão que não me entrego a temática.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale! Eu gostei bastante da capa desse livro focar no homem, normalmente vemos as capas com as mulheres quando se falam em romance de época; acho que aí já começam as quebras de paradigmas que esse livro trouxe ao gênero. Espero que aprecie a leitura. Beijos

      Excluir
  7. Oi, Dri!
    Falou em romance de época, comigo mesma! Esse já anda na minha listinha de leitura tem um tempo...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu! Ah, então te joga nessa leitura que vai adorar. Beijos

      Excluir
  8. Oi Adri! Eu gostei do livro e fui me empolgando com a história conforme fui lendo. Os livros que li desta autora tem me deixado contente por trazerem algo diferente de outros tantos do gênero. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida. Foi exatamente isso que senti quando li o livro, uma quebra de padrões sem se tornar improvável. Foi uma novidade muito bem vinda no gênero; acho que a autora acertou em cheio em quebrar esses paradigmas. Beijos

      Excluir
  9. Eu li esse livro mês retrasado e concordo em tudo que você disse sobre ele nessa resenha. Eu também esperava mais de alguns personagens secundários porque queria ouvir mais a história deles, a autora bem que podia escrever sobre a história deles... Li pelo Kindle também e foi ótimo para o momento que eu estava passando em questão de leitura, gostei muito da resenha

    Beijo da Yana,
    Marshmallow Com Café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yana. Eu gostei tanto que quero ler outros livros da autora, ela tem uma capacidade muito natural de prender à leitura. Beijos

      Excluir
  10. Olá,
    Menina faz tempo que não leio romance de época. Acho que o último foi no início do ano haha
    Eu to curiosa com esse, parece ser legal, apesar de uns pontos clichês, né? Mas, alguns deixam a história divertida e também apaixonante. Mas, triste esse ar de superioridade do rapaz. E essa vilã aí, ein.

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nana. Apesar de alguns clichês, achei que tem menos do que em outros romances do gênero, além de quebrar muitos padrões que estavam se tornando cansativos e recorrentes, então acho um ótimo investimento, ainda mais para retomar a leitura de romances de época. Beijos

      Excluir
  11. Oiii Adri

    Eu gostei desse inicio fora do comum do livro, foge da mesmice, e deixa o leitor intrigado em saber o que virá.
    Capitulso longos e na terceira pessoa me desanimam muito, mas fiquei curiosa pela escrita da autora e por como ela conseguiu te transportar para aquela época, tem prender na trama. Talvez eu leia, vou deixar anotado pra se pintar a vontade de conferir um romance de época diferente.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice. Essa é a pedida para fugir de clichês batidos do gênero, apesar de contar com um ou outro, ainda assim achei a história muito bem construída, claro que tem alguns pontos que deixaram a desejar, mas no geral serviu como uma ótima leitura e um divertimento muito bom. Beijos

      Excluir
  12. Que interessante
    AHAHA
    adoro por ser romance de época e curti o titulo, a capa e a premissa
    Ja estou super interessada, e OZADA a autora hein? AHAHA
    sua resenha é muito boa!

    Ah, obrigada pelo feedback das dicas de leitura
    te entendo sobre a leitura de + de um livro ao mesmo tempo... É bom mas as vezes a gente fica louca rsr

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pâm! Obrigada pela visita e pelo comentário... siiiim, esse romance de época está dando o que falar, só leio ótimos comentários sobre ele e realmente é muito bom! Espero que goste da história.
      Beijos

      Excluir
  13. Oi, Dri! Indiquei você numa tag bacanuda!
    https://balaiodebabados.blogspot.com/2018/10/tag-84-frases-de-crianca.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!! Já vi e vou responder assim que conseguir me organizar... tá demais essa TAG! Beijos

      Excluir
  14. Oi Dri,

    Adoro romances de época e sempre que dá leio um.
    Não conhecia esse, mas gostei do enredo.
    Vou colocar na lista.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica! Que bom que gostou da indicação, espero que goste da leitura. Beijos

      Excluir
  15. Oie
    Eu adoro romances de época, mas este livro não chamou minha atenção, acho que foi este título e talvez o enredo. Ainda sim parece ser uma boa história.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/2018/10/resenha-guerra-que-me-ensinou-viver.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa. Acho que desde o início, partindo do título, até o final, esse livro quebra os padrões do gênero, por isso podemos ficar relutantes em relação a ele, mas te digo que vale muito a leitura, foi uma delícia me deparar com uma história sem tantos clichês do gênero.. e olha que é o meu gênero favorito. Beijos

      Excluir
  16. Já tinha ouvido falar desse livro, quero conferir logo logo!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felipe! Espero que goste da história e aprecie a leitura. Beijos

      Excluir
  17. Oi Adriana!
    Quero ler mais romances de época,então já anotei a dica.
    Só me desanimei com os capítulos longos,não costumo me dar muito bem com livros assim.
    Vou dar uma chance porque já gostei da protagonista.Ela parece ser uma mulher extremamente forte,que não tem medo e que desafia quando necessário.
    Espero poder ler em breve!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cláudio. Esse é um romance de época ímpar, ele tem particularidades que não se encontra em outros livros do mesmo gênero, mas é uma ótima pedida, ainda mais quando se quer ler mais o gênero, é importante saber que ele fugirá de alguns clichês. Beijos

      Excluir

Olá,

Sua opinião é importante para mim. O espaço abaixo serve para que possamos interagir, então espero que possa deixar seu comentário, crítica e/ou sugestão.
Se tiver blog, deixe o link para que eu possa retribuir sua visita assim que possível.
Obrigada!